Pós-graduação Blending

 [Por Professor João Antônio Viesser]

A Teoria da Integração Conceitual ou Teoria de Blending

 A teoria da Integração Conceitual, ou Teoria de Blending, foi desenvolvida por Fauconnier e Turner (2002), buscando explicar como o significado se constrói no momento da comunicação, pois é através da interface entre essas áreas que se pretende dar conta de aspectos como o processamento inferencial da informação. Assim, o conjunto de relações parece ser independente: “a interdisciplinaridade e a intradisciplinaridade são construídas de forma cientificamente interativa.” (Campos, 2007: 327).

Nessa integração, não ocorrem apenas conexões nas trocas de informação e não há, apenas, certa reciprocidade teórica; de fato, num nível mais profundo, pois conforme afirma CAMPOS (2007, p. 348):

“Não se trata (…) de traduzir uma interdisciplinaridade como uma atividade tal em que uma disciplina usa uma outra para seus interesses. Ao contrário, uma disciplina mantém as suas tarefas específicas e, quando entra em relações interdisciplinares, trata-se de uma associação interativa de um terceiro objeto, resultante da amálgama interdisciplinar”

 

1. METODOLOGIA

1.1 Metodologias Ativas

Algumas das metodologias ativas serão desenvolvidas nos cursos de pós-Graduação ITECNE, a saber:

.Aprendizagem baseada em Projetos

A metodologia baseada em Projeto é uma abordagem pedagógica de caráter ativo, focada nas atividades de projeto e no desenvolvimento de competências e habilidades, buscando uma aprendizagem colaborativa, participativa e a interdisciplinaridade. Os temas pesquisados resultarão em artigos acadêmicos e não acadêmicos e posteriormente publicados em revistas acadêmicas e digitais.

.Aprendizagem baseada em Problemas

A metodologia baseada em Problema (Problem-Based Learning – PBL), centra o aprendizado no aluno.   Os docentes expõem um caso para estudo. Em seguida, os estudantes, organizados em grupos de trabalho e com o apoio dos docentes, identificam o problema, investigam, debatem, interpretam e produzem possíveis justificações e soluções ou resoluções, ou recomendações. No final, haverá sempre uma discussão/reflexão relativa às conclusões da investigação, culminando o processo numa apresentação oral e/ou escrita.

.Estudo de caso

A metodologia de ensino Estudo de Caso tem origem no método de Aprendizagem baseada em Problemas. O Estudo de Caso oferece aos estudantes a oportunidade de direcionar sua própria aprendizagem, enquanto exploram seus conhecimentos em situações relativamente complexas. São relatos de situações do mundo real, apresentadas aos estudantes com a finalidade de serem debatidos os resultados em seminários,

.Aprendizagem entre pares ou times

A aprendizagem entre pares e times  (Team Based Learning –TBL), trata da formação de equipes para a realização das atividades propostas.

.Sala de aula invertida

Partindo da utilização dos meios tecnológicos, a “sala de aula invertida” (Flipped Classroom) é uma metodologia ativa que tem por objetivo substituir a maioria das aulas expositivas por conteúdos em forma de vídeos e outros conteúdos virtuais. O aluno tem acesso aos conteúdos que serão expostos pelos professores, fazendo com que o aluno tenha com um conhecimento prévio. O material prévio será indicado pelo professores, podendo ser textos de revistas especializadas, artigos científicos, vídeos, teleaulas, capítulos de livros, etc.

 

1.2 A metodologia BLENDED LEARNING

A metodologia blended learning ou b-learning, termo derivado e-learning, e que numa tradução literal significa “aprendizado hibrido”, busca combinar práticas pedagógicas do ensino presencial e do ensino a distância, tendo como objetivo unir diferentes práticas para se atingir um melhor desempenho dos alunos.

O Blended Learning une práticas pedagógicas que utilizam mais de um método de aprendizagem ou de formação, dentro ou fora da sala de aula, como: palestra, workshop, mesa redonda, debate, leitura, estudo de caso, aprendizagem baseada em problemas, sala de aula invertida, aprendizagem por pares, aulas on-line, e de outras práticas pedagógicas que visam sobretudo, a pesquisa como ferramenta eficaz de aprendizagem, pois como afirma MORAN (2005, p. 74):

“Ensinar e aprender, hoje não se limita ao trabalho dentro de uma sala. Implica modificar o que fazemos dentro e fora dela, no presencial e no virtual, organizar ações de pesquisa e de comunicação que possibilitem continuar a aprender em ambientes virtuais, acedendo a páginas na internet, pesquisando textos, recebendo e enviando novas mensagens, discutindo questões em fóruns ou em salas de aula virtuais, divulgando pesquisas e projetos” (p.74)

Neste sentido, a metodologia blended learning, utiliza-se de ferramentas síncronas, onde todos os participantes estão atuando ao mesmo tempo, por ex, em webinar, sala de aula, videoconferência, chats e fóruns e ferramentas assíncronas, onde cada aluno acessa os módulos de aprendizagem em seu próprio tempo e velocidade.

 

1.3 Benefícios do BLENDED LEARNING:

  • Eficaz quando se procura atingir uma número maior de alunos aplicando diversas metodologias;
  • Maximização e flexibilidade de tempo;
  • Diversificação nas formas de aprendizagem;
  • Diminuição da necessidade de locomoção constante;
  • Promoção da integração e troca de experiências entre os participantes utilizando-se das ferramentas atuais de mídias digitais;
  • O processo avaliativo aproxima-se mais do conceito de avaliação contínua, processual, diagnóstica e formativa;
  • Respeita as características de desenvolvimento de cada aluno, possibilitando de que cada um organize a sua aprendizagem de forma particularizada;
  • Redução de custos, tanto para a instituição promotora como para o próprio participante, que reduz seus custos em tono de mensalidades, tempo disponível para o estudo, transporte, alimentação;
  • E quando a metodologia Blended Learning utiliza também algumas as metodologias ativas, em que se destacam a Metodologia de Projetos, Aprendizagem através de Problemas, Estudos de Caso, Aula Investida, Aprendizagem por Pares, etc, as vantagens são ainda mais significativa, pois necessitam de produção (elaboração) de conhecimentos.

 

1.4 Teoria do Cone de Aprendizagem

A Teoria do Cone de Aprendizagem, desenvolvido por Edgar Dale ou a Teoria da Pirâmide, atribuída a W. Glasser, diz que após duas semanas tendemos a nos lembrar:

10% do que lemos

20% do que ouvimos

30% do que vemos

50% do que assistimos com o uso de tecnologias audiovisuais

70% do que debatemos

75% do que praticamos

90% do que ensinamos aos outros

 

Nessa perspectiva a ideia geral é de que a experiência é muito eficaz para a aprendizagem e o que se aprende através de pesquisa e de elaboração própria atinge a excelência da aprendizagem. No início do século XX, aprendizagem através da prática educativa já era valorizada por DEWEY (2208, p. 91) ao afirmar …”eu acredito  finalmente, que a educação deva ser concebida como uma reconstrução contínua da experiência”

 

1.5 A metodologia ITECNE

            Com base no que foi exposto, a formação do pensamento e da linguagem, da capacidade de simbolizar, da intencionalidade comunicativa, da teoria da integração conceitual ou Teoria de Blending, da diferenciação entre informação de conhecimento, da pesquisa como ato reconstrutivo e elaboração própria, das metodologias ativas de aprendizagem, da Teoria de Blended Learning e da teoria do cone de aprendizagem, a Faculdade ITECNE, reúne todos esses pressupostos em uma metodologia própria, assim descrita:

% Atividades de acordo com E. Dale e W. Glasser Atividades propostas pela metodologia Itecne
10% do que lemos Estudo do Material de apoio
20% do que ouvimos Participação em palestras e workshops
30% do que vemos Assistir as vídeo aulas
50% do que assistimos com o uso de tecnologias audiovisuais Assistir as vídeo aulas
70% do que debatemos Participar dos Grupos de Estudos e Pesquisa
75% do que praticamos Participar dos Grupos de Estudos e Pesquisa
90% do que ensinamos aos outros Participação dos Seminários de socialização

1.6. Estrutura dos cursos

Os cursos de Pós-Graduação ITECNE na modalidade Blending, estão organizados em 4 Eixos Temáticos. Sendo os 4 (quatro) Eixos com 3 (três) encontros presenciais, portanto um total de 12 encontros presenciais, conforme segue:

EIXO I

Primeiro encontro presencial, (palestra e/ou woskshop) no início de cada Eixo

Aos sábados, no turno matutino:

  • Horário de 08h às 13 horas. (5 horas Presenciais)
  • Palestra: das 08h às 12 horas
  • Iniciação e Orientação ao Projeto de Pesquisa (das 12h às 13h)

OU

Durante a semana, no turno noturno:

  • Horário de 18h30 às 22h30 (4 horas Presenciais)
  • Palestra: das 18h30 às 21h30
  • Iniciação e Orientação ao Projeto de Pesquisa (das 21h30 às 22h30)

Sendo este primeiro EIXO um total de 13 horas aula presenciais para as turmas aos sábados e para as turmas durante a semana no turno noturno de 12 horas aula presenciais.

Segundo encontro presencial para o desenvolvimento dos Projetos de Prática Orientada, a serem agendados nos horários acima previstos. (4 quatro horas Presenciais);

Terceiro encontro presencial de Seminário de Integração dos Projetos de Prática Orientada, por ocasião da apresentação dos resultados da Pesquisa. (4 quatro horas Presenciais), conforme horários e turnos já pré-estabelecidos do primeiro encontro.

 

.EIXO II e EIXO III

Acontecerão sob a mesma metodologia, sendo cada EIXO (II e III) com três encontros de 4 horas cada, totalizando 12 horas aula em seus devidos horários e turnos.

 

.EIXO IV

Dos três encontros, os dois primeiros serão com carga horária presencial de (4 quatro horas aula) e o último encontro será de (5 cinco horas aula). Isto para aulas das turmas aos sábados no período matutino.

Para o turno noturno haverá três encontros com carga horária presencial de (4 quatro horas aula) mais um quarto encontro de (2 horas aula).

Portanto, os cursos terão 50 horas presenciais

  1. As aulas na modalidade de EaD de cada curso, de cada eixo estarão disponibilidades aos alunos em Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA), através do portal Itecne. Também poderá, a critério da coordenação, servir-se de outros meios de estudo e investigação como artigos científicos, estudos de casos, bibliografias e entre outros.

 

1.7 Organização de cada EIXO

Módulos Atividades CH
O professor palestrante indica, conforme metodologia de sala de aula-invertida, textos de leitura prévia. 05 horas
 

1)    Palestras e Workshops

Através de palestra e Workshop serão apresentados e discutidos cada um dos temas referentes à proposta do curso, por professores especialistas com vasto conhecimento teórico e experiência na área. 04 horas
Organização dos Grupos de Estudos e Pesquisas – Os professores palestrantes direcionam os temas para as pesquisas. 01 hora
 

 

 

 

 

2) Grupos de Estudo e Pesquisa

Os alunos divididos em equipes de trabalho, realizam atividades de estudo e pesquisa obre os temas propostos.

Esta carga horária será estabelecida para as reuniões de trabalho. As horas destinadas ao desenvolvimento dos projetos, será definida pela própria equipe de acordo com a necessidade e em cronograma apresentado ao Mediador de Projetos.

Cada equipe deverá se reunir no mínimo 3 (três) vezes durante o período estipulado para a elaboração do relatório de pesquisa. São encontros registrados em ata, em modelo disponibilizado pela faculdade.

Durante toda a execução da pesquisa, os alunos terão a assessoria de um Mediador de Projetos presencial.

36 horas
 

3) Seminário de Integração

Apresentação dos projetos de pesquisa, em data estabelecida em calendário. Os projetos poderão ser apresentados na forma de exposição oral, exposição em painel, stands, etc.   Independente da forma de apresentação no seminário, a equipe de trabalho deverá enviar o Relatório de Pesquisa para a Coordenação do curso, em data estabelecida em calendário, para Avaliação. 08  horas
4) Estudo individual do Material de Apoio Além do workshop, os alunos contarão com um material de apoio disponível em seu Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA). Esse material é composto de:?videoaulas,? slides?- textos-base e/ou complementares e fórum de discussão.?O aluno poderá acessar o conteúdo de apoio sempre que precisar. 36 horas

Formato dos cursos:

Os cursos de Pós-Graduação ITECNE, estão assim estruturados:

Módulos Atividades teórico-práticas Metodologia Científica

Orientação e elaboração de Trabalho de Conclusão de Curso

I 90 horas
II 90 horas
III 90 horas
IV 90 horas
360 horas 40 horas

 

Total da carga-horária dos cursos: 400 horas

____

Confira os cursos da Faculdade Itecne que possuem essa característica e metodologia blending!